O Estado da Arte das Pesquisas sobre Profissionalização do Portador de Deficiência

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Baixar arquivo em PDF

DESCRIÇÃO:

O objetivo do presente estudo consistiu em efetuar uma análise crítica da produção científica discente de programas de pós-graduação em Educação e Psicologia, baseada em 18 estudos sobre o tema “profissionalização de indivíduos com deficiências, encontrados em um rol de 479 dissertações e teses. 

Os estudos foram analisados segundo a distribuição dos locais onde foram produzidos, população-alvo, metodologia adotada, tipo de revisão da literatura, referencial bibliográfico e concepção de deficiência.  

Em resumo, os resultados apontam a precariedade dos programas vocacionais realizados nas instituições especializadas e a desvinculação destes à realidade do trabalho competitivo, e sugerem maior cautela na seleção dos participantes a fim de evitar alguns problemas metodológicos.  

No geral, aparece uma tendência para estudos descritivos e sobre indivíduos com graus leves de deficiência intelectual, o que permite sugerir a necessidade aumento de estudos direcionados para outros tipos de deficiências, com maior diversidade metodológica, e o voltados para avaliar programas educacionais em ambientes normais como apoio para a inclusão social. 

ANO:

2004

FORMATO:

PDF

AUTORES:

Enicéia Gonçalves Mendes 
Leila Regina D’Oliveira de Paula Nunes
Julio Romero Ferreira
Lígia Cardoso Silveira

FONTE:

ACERVO INSTITUTO PARADIGMA. 

Nós utilizamos cookies para melhorar sua experiência ao navegar por nosso site. Ao continuar utilizando nosso site, entenderemos que você concorda com nossa Política de Privacidade.