Skip to content

Alunos com deficiência intelectual e suas condições de aprendizagem

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Baixar arquivo em PDF

DESCRIÇÃO:

O presente artigo traz dados referentes a uma pesquisa realizada durante o ano de 2012 na disciplina Inclusão Social, Escolarização e Deficiência, do Programa de Mestrado em Educação da Univille, e tem por objetivo identificar de que modo a atenção dada à aprendizagem dos alunos com Deficiência Intelectual pode ser identificada nas produções acadêmicas, traçando um paralelo com a identificação, da mesma preocupação, na fala de duas professoras entrevistadas. O levantamento dos dados referentes à produção científica no período entre 1990 e 2011 ocorreu na complementação dos estudos de Anache e Mitjáns (2007) e Baptista e Bridi (2012), e os dados das falas das professoras foram coletados na realização de entrevistas semiestruturadas, com docentes de uma rede municipal de ensino no
estado de Santa Catarina, que atuam em classes regulares e tem alunos com Deficiência Intelectual em suas turmas. A análise de ambos os materiais foi sustentada pela perspectiva histórico-cultural e elaborada com base na análise de conteúdo proposta por Franco (2012).
Como sustentação teórica utiliza-se as contribuições dos próprios autores dos estudos do Estado da Arte selecionados, como também as de Siqueira (2008), Ferreira (2009), Cordeiro e Antunes (2010), entre outros. Identificou-se que as pesquisas sobre Deficiência Intelectual
vêm se mantendo relativamente estáveis nas últimas décadas, tanto em quantidade de trabalhos quanto nas temáticas abordadas, no entanto destaca-se a forte perspectiva clínica ainda presente em tais produções. O discurso das professoras entrevistadas revela-se
contraditório, pois demonstra preocupação com a inclusão de alunos com deficiência, porém não se identifica o mesmo interesse em seus processos de aprendizagem. A relação entre o Estado da Arte e o discurso das docentes indica que, no que tange às práticas efetivas em salas de aula regulares com alunos com Deficiência Intelectual, ainda há muito que se conquistar.

ANO:

2013

FORMATO:

PDF

AUTORES:

Juliano Agapito
Aliciene Fusca Machaddo Cordeiro
Sônia Maria Ribeiro
Luciana Soares
Aline Oliveira Venâncio

FONTE:

Educere

Nós utilizamos cookies para melhorar sua experiência ao navegar por nosso site. Ao continuar utilizando nosso site, entenderemos que você concorda com nossa Política de Privacidade.